Roberto Castelo, de 37 anos, gravou um vídeo onde denuncia uma agressão homofóbica sofrida em sua própria casa. Segundo o homem, ele foi agredido por 7 membros de sua família, apenas por ser homossexual. Visivelmente abalado, ele afirmou que “viraria morador de rua”. As informações são do AC24 Horas.

“Eu não mereço isso, a minha família sempre me odiou, sempre me desejou o mal, desde criança eles fazem isso comigo, sempre praticaram bullying comigo e eu não sei mais o que fazer, vou virar um morador de rua, mas para casa eu não volto mais”, denuncia o rapaz homossexual em vídeo publicado no último sábado (10).

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Homossexual diz ter sido agredido pela própria família e foge de casa; assista
Homossexual diz ter sido agredido pela própria família e foge de casa; assista (Foto: Reprodução/Instagram)

Na manhã de domingo (11), o rapaz fez um novo pronunciamento no Instagram relatando o ocorrido. “Violência doméstica pela família de monstros que eu tenho! Que Deus me proteja da minha família! Homofobia é crime e eu não posso mais me calar! Desde de criança nunca fui tratado como um membro da família! “, iniciou Roberto.

VEJA TAMBÉM:  Homossexualidade ainda é crime em 69 países membros da ONU, aponta pesquisa

“Mas tomarei minhas providências junto ao Ministério Público! Contra todas as pessoas que moram comigo e pedir pelo amor de Deus que essa despesa (sic) do meu irmão saia da minha casa! Porque quem casa quer casa! A mulher ama uma discórdia, levei 7 chutes na minha cara, na qual me protegi com as mãos pra não ficar com hematomas” acusou o rapaz.