Dois adolescentes foram condenados e se encontram detidos em um centro de detenção para jovens infratores após atacarem um homem em uma estação de metrô de Londres e dar-lhe uma chave de braço o obrigando a pedir desculpas em voz alta por ser gay.


Veja também:


Os agressores, de 16 e 17 anos, vivem em Newham, no leste de Londres, e compareceram ao Tribunal da Juventude de Bexley para se defender das acusações.

A vítima, Will Mayric, de 19 anos, foi confrontada em um trem da Jubilee Line entre West Ham e North Greenwich em Outubro de 2017. Ele denunciou o ocorrido afirmando que tem orgulho de ser quem é: “Não devo desculpas e nem quero mudar!”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Uma amiga da vítima, de 25 anos, testemunhou o acidente e também acabou sendo envolvida ao tentar defender o amigo e ser empurrada para o chão pelos rapazes durante o incidente.

A promotora Samantha Mitchell disse que os meninos gritaram insultos homofóbicos como “bicha” e “viado” (faggot e queer em inglês). Os autores do crime pediram desculpas no tribunal alegando que estavam muito bêbados na ocasião.

Eles agora foram condenados a 12 meses tendo que comparecer a reuniões de jovens infratores e a pagar 150 libras para cada uma das vítimas, além de 20 libras pelos custos do processo. A condenação foi leve por ambos serem menores de idade. Durante a sentença, o juiz alertou que ambos estariam presos caso fossem maiores de idade.

“Não mereço ser agredido por ser gay e nesta altura da vida e nos dias de hoje, esperava que a sociedade já fosse mais tolerante”, disse a vítima ao júri.

Em um comunicado, a polícia de Londres afirmou: “Crimes de ódio e preconceito não serão tolerados pela Polícia Britânica. Acreditamos que todos tem o mesmo direito de ir e vir em segurança. Não aceitamos que alguém seja segregado por ser diferente ou que deva se sentir desconfortável em sua jornada.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).