A gente aguenta uma, aguenta duas, aguenta três… e não aguenta mais. Foi o que aconteceu essa semana em Nova Iorque, no metrô, numa briga envolvendo um homofóbico e um homem gay.

Embora não haja nenhuma prova de como a discussão começou, o vídeo divulgado na rede mostra o homofóbico dizendo: “Ainda assim, você chupa paus. Não tô nem aí. Não brigo com bichinhas.”

Os outros passageiros pedem para que ele pare e o rapaz gay diz: “Você está fazendo papel de bobo. Estão te gravando. Se quiser brigar, espere a gente descer do ônibus. Você está parecendo um idiota. Fica aí tentando encontrar merda pra falar, não sabe que porra tá querendo dizer. ‘Vocês são bichinhas’, bla bla bla. Se quiser chamar de bichinha, chame do lado de fora, aonde não temos câmeras. Quer levar uma acusação grave de ataque? Qual é, cara.”

Ele ainda se desculpa aos passageiros pela confusão e diz que o homofóbico o está fazendo parecer um idiota. Neste momento, o agressor começa a sangrar. Os dois são separados pelos passageiros, que pedem que ele chame a polícia, mas ele prefere não o fazer – por motivos óbvios.

É claro que os dois poderiam ter saído muito mais machucados do que aconteceu e que foi uma fatalidade horrível. Mas é importante lembrar que: fadas também atacam.

Veja o vídeo:

Assista também: