Maurice Willoughby, de apenas 20 anos, se matou após ser atacado na internet por namorar uma mulher trans, Faith. O jovem fez uma live no Facebook para anunciar o romance, quando várias pessoas começaram a debochar e criticar o casal.

“Vocês podem dizer o que quiser sobre Faith e eu realmente não me importo se ela não é “passável”. Eu não me importo se ela não nasceu mulher, ela é uma mulher e eu a amo por quem ela é. Se vocês escutassem sua história, ficariam motivados… Eu estou feliz e vocês deveriam estar felizes por mim”, falou ele.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O vídeo foi compartilhado milhares de vezes e já conta com mais de 15 mil visualizações. Maurice, que já sofria com alguns transtornos mentais, como a depressão, não aguentou o bullying recebido e tirou sua própria vida.

Amigos do jovem saíram em defesa dele após a notícia da fatalidade. “De onde nós somos, se você ama uma mulher trans, e você é negro, todo mundo vai comentar sobre você, xingar você e até tentar te matar”, disse um deles.

Fonte: Advocate.

VEJA TAMBÉM:  Jovem lésbica que sofreu terapia de "cura-gay" (tortura) é encontrada morta