Jimmy Eugene Johnson, um americano de 24 anos,patricia foi preso sob acusação de assassinar Carla Patricia Flores-Pavon, uma mulher transgênero, em Dallas, no Estado do Texas.

Como prova do crime, a polícia encontrou pertences da vítima em seu carro.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

De acordo com a investigação, Johnson e Flores-Pavon se conheceram em uma sala de bate-papo online. Em visita ao seu apartamento no último dia 9 de maio, Carla teria sido estrangulada por ele até a morte. Ela chegou a ser encontrada com vida e levada a um hospital, mas não resistiu.

Embora a polícia ainda não confirme, tudo leva a crer que se trate de mais um crime motivado por transfobia. Flores-Pavon é a nona mulher transexual a ser morta nos EUA por lgbtfobia só neste ano.

Uma vigília foi realizada para ela em 16 de maio na Catedral da Esperança de Dallas.

VEJA TAMBÉM:  Comentarista da FOX, Felippe Facincani, passa vergonha ao defender homofobia nos Estádios

A violência contra pessoas transgênero tem aumentado nos EUA nos últimos cinco anos. Ao todo, 28 morreram só em 2017, que já é o ano com o maior número de registros de homicídios de pessoas trans até hoje.

O Brasil é o país líder em assassinato de pessoas trans. Um levantamento recente curiosamente também mostrou que o país é lider em procura de pornografia trans na Internet. Coincidência?

 

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).