Um homem identificado como E.O.L.M invadiu nesse domingo (1) o Espaço Cultural Caras & Bocas, em Salvador (BA), para causar transtorno e desespero em quem frequentava o local. Ele tentou matar a dona do estabelecimento e agrediu clientes e artistas. 

De acordo com o Me Salte, o criminoso já é conhecido entre os frequentadores do bar como uma pessoa problemática e que costuma ter comportamentos agressivos em bares LGBTQ+ da cidade. 

O caso começou quando o rapaz estava em um ônibus, que também foi destruído por ele. Segundo testemunhas que estavam no coletivo, antes de descer ele gritou: “Matar os gays!”.

“Ele entrou sereno e segurava um saco quando, do nada, começou a gritar, dizendo que ia matar os gays e olhou pra mim e disse:’você é viado e vai morrer’. Do nada, tirou um paralelepípedo do saco e jogou contra uma das janelas do ônibus que quebrou. Os estilhaços atingiram o meu rosto”, relatou uma testemunha ao site.

Foto: Reprodução/Me Salte

Ao chegar no estabelecimento, o homem continuou com a destruição. “Ele quebrou garrafas e queria furar a gente. Dizia que só sairia com a chegada do deputado estadual Isidório”, disse a drag queen Valerie O’rarah, que se apresentava no momento do ataque e foi agredida.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O crime foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil e será encaminhado para a 1ª Delegacia de Salvador. A polícia informou que o rapaz confessou fazer o uso de drogas ilícitas e, naquele dia, teria misturado com medicamentos controlados. 

Foto: Reprodução/Me Salte
Foto: Reprodução/Me Salte

Vale ressaltar que essa não foi a primeira vez que o local sofre com ataques homofóbicos. De acordo com o Me Salte, o bar já foi vítimas de outros cinco ataques e, em um deles, foram jogados cerca de três sacos de pedras de gelo no telhado.