Luca Trapanese é um homem gay de 41 anos que trabalha e vive sua vida de solteiro na Itália. Desde sempre, Luca sonha em ser pai e ele finalmente realizou seu sonho ao adotar Alba.

Alba, é uma garotinha que com apenas duas semanas de vida, já havia sido rejeitada por 20 famílias diferentes, incluindo sua mãe biológica que a abandonou quando descobriu que ela tinha síndrome de down.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Desde que eu tinha 14 anos, me ofereci e trabalhei com pessoas com deficiência, então senti que tinha o conhecimento e experiências o suficiente para adota-lá“, disse o Luca à BBC

Na Itália, adoção por pais ou mães solteiros não é algo comum. A lei determina que somente casais heterossexuais casados entre 18 e 45 anos podem adotar. Adoções fora desse padrão só são realizadas em casos muito específicos.

VEJA TAMBÉM:  Olhe atentamente para a foto completa deste casal de lésbicas e entenda porque ela viralizou…

Foi muito difícil porque eu sempre quis ser pai. Me disseram que só me deixariam adotar crianças com algum tipo de doença, deficiências graves ou com problemas comportamentais“, disse ele.

Então, quando soube do caso de Alba e de sua triste história de abandono, ele imediatamente entrou em contato com o hospital e agilizou o processo de adoção.

Quando eu a segurei em meus braços, fiquei cheio de alegria”, lembra ele. “Eu senti na mesma hora que ela era minha filha e sabia que estava pronto para ser o pai dela“.

Agora com um ano e seis meses, Luca descreve Alba como uma criança determinada e um pouco teimosa de vez em quando. Ela também adora dançar, tocar instrumentos musicais e fazer novos amigos.

Em entrevista, Luca diz que sua história é única porque “desconstrói muitos esteriótipos sobre paternidade, religião e família” e espera que isso possa incentivar outros homens gays que sempre quiseram ter filhos, a se tornarem pais solo também.

VEJA TAMBÉM:  Cineasta indiano assume casamento com rapaz que fingia ser seu primo há 13 anos

Vou passar o resto da minha vida com uma garota que eu amo e faremos coisas incríveis juntos“, finaliza Luca.