Um homem que foi filmado perseguindo e agredindo uma mulher transexual em Paris foi condenado a prisão por 10 meses e mais quatro meses de liberdade condicional.

Em março deste ano, Julia Boyer, 31 anos, tentava ir para o metrô na capital francesa quando foi hostilizada e maltratada por homens argelinos que protestavam contra o ex-presidente Abdelaziz Bouteflika.

Boyer foi filmada sendo abusada  e espancado durante o protesto e as imagens se tornaram virais na Internet.

As cenas mostram-na confrontando um dos homens que a espancou repetidamente pelo braço. Integrantes da multidão zombavam ao fundo, enquanto alguns tentaram intervir antes que a polícia chegasse a protegendo de mais ataques.

Agora, o Tribunal Penal de Paris ordenou que a Seddik A, de 23 anos, se abstivesse de entrar em contato com a vítima e pagasse € 3.500 e € 1.500 para cada uma das três associações de defesa LGBTQ que apoiaram a vítima.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele também foi condenado a 10 meses de prisão, segundo o Daily Mail .

Boyer disse: “A justiça foi cumprida. Não tenho certeza se a prisão é a melhor solução, mas espero que ele pense sobre isso e não o faça novamente ”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).