Um homem australiano foi condenado a 20 meses de prisão por se passar por um policial e extorquir dinheiro de um cara que encontrou através do Grindr (aplicativo de encontros gays).

Jayson Jastie, de 25 anos, atraiu a vítima, um homem mais velho cuja identidade foi mantida em segredo pela polícia, após os dois passarem duas semanas trocando mensagens e imagens sexualmente explícitas.

Eles combinaram um primeiro encontro em uma praia chamada Bass Point, cerca de 110 quilômetros ao sul de Sydney. Depois do senhor enrustido não comparecer ao primeiro encontro marcado, Jayson ainda insistiu e convenceu a vítima a topar um segundo encontro dois dias depois.

Assim que o enrustido chegou ao local combinado, Hastie disse que tudo estava sendo gravado, deixando a vítima aterrorizada pelo medo da exposição do caso, já que vive no armário (e sabe-se lá se tem família, se é casado, famoso…).

O criminoso que se aproveitou do enrustido através do Grindr, o extorquindo.

A vítima então foi extorquida em 2 mil dólares retirados de um caixa eletrônico e entregues ao chantagista, além de ter topado um acordo de ajuda financeira mensal desde que guardasse seu segredo.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Se você não fizer tudo isso, a história será exposta e todas as fotos que você me enviou serão publicadas”, disse o chantagista à vítima. E continuou: “E se você fizer algo contra mim, te acho e quebro suas pernas”, finalizou o ameaçando após o encontro que não foi além de sequestro e extorsão.

Mesmo assim a vítima ainda teve coragem de denunciar o agressor e levar o caso à justiça, pedindo apenas à polícia que mantivesse seu anonimato em respeito a sua condição.

O chantagista e criminoso Hastie acabou sendo localizado e condenado por sequestro e por extorquir dinheiro da vítima. Ele agora deve passar 20 meses detido na prisão.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).