O Encontro Mundial de Famílias (WMOF) promovido pela Igreja Católica causou controvérsia ao excluir um grupo católico de LGBTs do evento.

O Global Network of Rainbow Catholics (GNRC), lançado em 2015 em Roma, foi formalmente excluído do evento que acontecerá em Dublin do dia 22 ao dia 26 de Agosto. A presença do Papa Francisco já é confirmada por lá nos dias 25 e 26 no Phoenix Park.

O GNRC solicitou sua participação no evento em abril, mas ouviu do coordenador de exposições do evento, Paul McCann, que não teriam sua participação aprovada devido a ‘incertezas sobre a quantidade de espaço que teriam disponível para exposições devido a outras considerações logísticas.’

À imprensa, os co-presidentes do grupo LGBT católico, Ruby Almeira e Chris Vella, afirmaram esperar que isso não tenha a ver com o trabalho pela igualdade LGBT na instituição. Hum, será?

Seja pelo motivo que for, alguns membros do grupo já estão se organizando para protestar contra a exclusão. Muitos acreditam que a homofobia pesou sim na decisão dos líderes católicos que organizaram o evento.

A GNRC representa 32 grupos católicos LGBT de todo o mundo e se candidatou a participar do evento com antecedência pelos prazos exigidos, no dia 17 de abril. A negativa veio somente agora em cima da hora, dia 13 de Agosto.

À imprensa, o Secretário do New Ways, Frank De Bernardo, um defensor dos Direitos LGBT, confirmou que estará presente no evento e pretende representar a comunidade LGBT de alguma forma.

Além disso, o padre pró-LGBTI James Martin também estará presente. Ele fará uma apresentação sobre “Mostrar boas-vindas e respeito em nossas Paróquias para LGBTQI + Pessoas e suas Famílias”. Mesmo assim, no último dia 8 de agosto, quase 10 mil pessoas assinaram uma carta aberta na tentativa de impedir a presença de Martin no evento.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).