Amor de mãe, né?

O vereador Camilo Cristófaro (PSB) conheceu a fúria de uma mãe, ao desrespeitar o filho de Gretchen durante uma sessão na Câmara Municipal de São Paulo. A cantora, que utilizou-se de suas redes sociais, acusou o vereador de chamar o filho dela no feminino.

Na publicação, a cantora – justamente indignada – fala das preocupações como mãe e pontua as dificuldades que o filho ainda enfrentará por ser quem é; e pediu respeito por parte do vereador Camilo, por ter tratado Thammy no feminino;

Dizem inclusive que Gretchen ficou mais revoltada que neste gif:

Resultado de imagem para gretchen brava

O caso aconteceu durante a posse do vereador; que infelizmente teve seu mandato terminado antes mesmo de começar. Uma vez que Camilo, que havia sido cassado, acabou por conseguir recuperar sua vaga, que anteriormente seria preenchida pelo filho de Gretchen.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Apesar da posse como vereador de Thammy Miranda não acontecer, o mesmo foi convidado a falar na tribuna pelo presidente da Câmara de Vereadores, e na oportunidade lamentou a decisão da Justiça de reinstalar Camilo. Seu discurso lhe rendeu aplausos no plenário!

Em contra parte, Camilo usou seu retorno para criticar o discurso de Thammy e na ocasião chamá-lo pelo feminino “Era menina quando conheci”; chegando a ser corrigido pelo presidente.

Em entrevista, Thammy mostrou indignação com a postura do vereador por chamá-lo no feminino. “Essa é a intolerância que a gente sofre todo os dias, e ele é só mais um. Isso me dá mais força ainda para lutar!”, disparou ele.