Com toda educação, cultura e conhecimento científico, a Mestre em Direito Penal pela USP e comentarista da CNN Brasil, Gabriela Prioli, deu uma verdadeira surra de conhecimento no ministro da Educação do governo Bolsonaro, Milton Ribeiro.

Pra quem não sabe, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou em entrevista afirmações absurdas. Disse que “‘homossexualismo’ (sic, homossexualidade, é que a cabeça dele continua em 1950) é opção, que jovens ‘decidem ser gays’ por não experimentarem mulheres e ainda que homossexuais são frutos de ‘famílias desajustadas'” (e o que dizer da família do presidente Bolsonaro então com 3 casamentos e 5 filhos?).

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Pois bem, sempre com classe, Gabriela Prioli fez mais uma análise política do momento e, colocando todos os pingos nos is, expôs aos seus mais de 1 milhão e meio de seguidores no Instagram, a hipocrisia, preconceito e principalmente a falta de conhecimento do ministro da Educação Milton Ribeiro.

VEJA TAMBÉM:  Bolsonaro e filho votaram contra lei de proteção a pessoas com deficiência
Gabriela Prioli: conhecimento científico sem achismo ou opinião. (Foto: Reprodução / Instagram)
Gabriela Prioli: conhecimento científico sem achismo. (Foto: Reprodução / Instagram)

“Homossexualidade é identidade sexual, que não precisa de cura. Também não pressupõe escolha. Defender a homossexualidade como opção alimenta a ignorância que agride e mata. O pai que espanca o filho para que ele ‘escolha’ o ‘caminho certo’. Essa é uma fala inadmissível, pois carregada de preconceito.”, diz Gabriela.

Gabriela Prioli finaliza o vídeo lembrando: “Faça o senhor uma pesquisa, Ministro, e não encontrará alicerce nenhum para aquilo que o senhor diz. Desajustada é a sua conduta.”

Assista abaixo na íntegra:

View this post on Instagram

Em 17 de maio de 1990, a Organização Mundial da Saúde retirou a homossexualidade (não se usa mais o sufixo “ismo”, pois associado a doenças) da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID). Homossexualidade é identidade sexual, que não precisa de cura. Também não pressupõe escolha. Defender a homossexualidade como opção alimenta a ignorância que agride e mata. O pai que espanca o filho para que ele “escolha” o “caminho certo”. Essa é uma fala inadmissível, pois carregada de preconceito. Faça o senhor uma pesquisa, Ministro, e não encontrará alicerce nenhum para aquilo que o senhor diz. Desajustada é a sua conduta.

A post shared by Gabriela Prioli (@gabrielaprioli) on

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).