Um casal gay de Ohio, Columbus, alegou que uma funcionária do Serviço Postal dos EUA (USPS) os ofendeu e ainda usou a expressão “bichas brancas” pra se referir a eles.

Michael Coward e Michael Callaghan, que estão noivos, estavam a caminho de um jantar na noite de terça-feira, quando Coward viu que o correio estava sendo entregue.

Coward disse à estação de notícias que foi buscar sua correspondência, mas a funcionária do USPS já visivelmente contrariada, ficou mais irritada ainda por eles não esperarem ela terminar de deixar todas as entregas, segundo o que ela alega. E foi aí que se iniciou uma discussão entre eles.

“A carteira começou a gritar para mim e para meu noivo nos chamando de ‘bichas brancas’. Ela ficou gritando por cinco minutos seguidos. Então chamei a polícia”, escreveu Callaghan em seu Facebook.

Coward compartilhou o post do marido acrescentando: “Acabei de ter a agradável oportunidade de ser chamado de bicha por um carteiro dos Estados Unidos. Tenho o vídeo do carteiro me ofendendo, além de também dizer que nunca mais iremos receber correspondências.”

E continuou: “Admito que eu chamei ela de cadela, mas dadas as circunstâncias senti que era apropriado. Eu posso lidar com o fato de ser chamado de viado, isso não é uma experiência nova para mim, mas como funcionária federal, sinto que suas ações devem ter consequências.

Ela ainda tomou minhas cartas dizendo que eu nunca mais pegaria as correspondências, tiraria meu nome da caixa de correio e, além disso, deixaria a caixa de correio aberta sem bloqueá-la de volta. Todo esse encontro foi apavorante.”

Assista também: