É que durante a tarde de ontem (27), o youtuber Felipe Neto decidiu se posicionar em relação alguns fanáticos religiosos que estavam xingando homossexuais por meio do Twitter. O youtuber fez os destiladores de ódio sentirem o gosto do próprio veneno ao utilizar argumentos vindos da própria bíblia contra eles.

O empresário chegou a citar Levítico em sua fala, argumentando que quem usa o Antigo Testamento para condenar homossexuais ou considerá-los aberrações, que seguisse Todo o Velho Testamento. Boa sorte assassinando BILHÕES (literalmente) de pessoas pelo mundo, alfinetou o youtuber.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
reprodução: twitter

E depois continuou. No mesmo Antigo Testamento, em Deuteronômio, é deixado claro que a mulher comprometida que for ESTUPRADA e NÃO GRITAR POR SOCORRO deverá ser APEDREJADA ATÉ A MORTE. Você quer mesmo seguir o Antigo Testamento à risca?, indagou o youtuber.

Felipe Neto foi ainda mais longe e cutucou a ferida, quando falou que Jesus em todo o Novo Testamento não cita homossexuais. Mas condena a todas forças o adultério e aqueles que usam seu nome para enriquecer. “Se você quer mesmo seguir Jesus, reveja suas prioridades e enxergue as dele”, completou.

VEJA TAMBÉM:  Em vídeo, Bolsonaro assume ser homofóbico e diz que “gays não terão sossego”

Apoio

Nos comentários, a maioria das pessoas apoiaram as ideias propagadas pelo empresário. “Até porque um dos mandamentos é o amar o próximo como a si mesmo independente de qualquer coisa”, acrescentou uma seguidora. “Se Jesus voltasse e ninguém soubesse quem ele é, com toda a certeza não seria considerado “cristão” por muitos ‘cidadãos de bem’”, especulou outra.