Está em cartaz no Museu da Diversidade, na estação República do Metrô, em São Paulo, a exposição “Devassos no Paraíso: o Brasil mostra sua cara”, que conta a história da trajetória e da construção das expressões de sexualidade e gênero no Brasil, desde o período colonial.

A mostra é inspirada no no livro “Devassos no Paraíso”, de João Silvério Trevisan, publicado originalmente em 1986. Segundo os organizadores, a exposição é um mergulho na obra do autor, por meio de um acervo visual, repleto de documentos, matérias de imprensa, depoimentos em vídeo e até ilustrações dos artistas Laerte e Paulo Von Poser.

“A observação e reflexão de nossa própria história é o principal instrumento para que tenhamos compreensão e orgulho daquilo que somos e também para que não incorramos nos mesmos erros”, afirma Danielle Nigromonte, diretora executiva da APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) – organização social de cultura que cuida do museu. “É esse o caminho que devemos seguir para que tenhamos uma sociedade mais justa para todos”, completa.

Para quem se interessou, vale ressaltar que o Museu da Diversidade é aberto ao público, portanto, a mostra é gratuita. Vale a pena conferir! A exposição fica em cartaz no espaço, até o dia 23 de setembro.