Uma mulher processou seu ex-marido alegando que ele teria escondido sua sexualidade dela. Após a separação, ele se declarou bissexual. O casal estava junto há três anos, mas está separado há uma década.

A mulher decidiu entrar com uma ação judicial  quando amigos em comum comentaram com ela em um jantar, que o ex sempre foi bissexual.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Homofobia: mulher processa ex-marido ao descobrir que ele é bissexual (Foto: Pixabay)
Homofobia: mulher processa ex-marido ao descobrir que ele é bissexual (Foto: Pixabay)

“Quando me casei, eu era heterossexual. Quero que isso fique bem claro! Como resultado do divórcio, tive dúvidas sobre minha personalidade e com a terapia descobri que sou bissexual”, declarou o ex-marido Javier Vilalta ao El Salto.

Ela disse ao tribunal que nunca teria se casado se soubesse de sua “verdadeira sexualidade” e alegou que o ex a teria usado “como refúgio social” para esconder a verdadeira sexualidade.

Infelizmente, o juíz decidiu contra o rapaz e sentenciou o pagamento de €1000,00  por ano de casamento, totalizando €3000,00.

“O julgamento foi vergonhoso e a sentença um tapa na cara”, disse Vilalta.