Quantas vezes você já considerou mudar de país? Pensando principalmente nas atuais conjunturas políticas do Brasil, esta questão tem sido uma constante na mente de muitos LGBTs.

Mas qual seria a melhor decisão? O país com melhor qualidade de vida justamente para a população LGBT?

De acordo com um estudo realizado pela ONG Expert Market, Malta é o lugar pra ir se você for LGBT se quiser viver em um lugar tranquilo, muito seguro e com todos os direitos garantidos.

O país europeu ganhou a primeira colocação no ranking por ter sido o primeiro do mundo a proibir qualquer tipo de terapia de “cura gay” em seu território. Também pela presença de leis de casamento, proteção da polícia e direitos LGBT assegurados.

Em segundo na lista veio a Dinamarca e a Croácia logo atrás em terceiro. Austria e Espanha fecharam o Top 5.

Por mais que o Reino Unido esteja entre os 10 mais, em nono lugar dos 22 melhores, questões como o altíssimo custo de vida, acabaram deixando o país em uma posição mais baixa, embora seja considerado um lugar muito seguro.

“Levamos em consideração muitas questões na elaboração deste ranking: do preço de um capuccino a igualdade de direitos, empregabilidade, cordialidade da população com pessoas LGBT”, afirmou a pesquisadora Hannah Whitfield, que conduziu o estudo.

O ranking completo, que também inclui países como Lituânia, Irlanda, Bulgária e Itália, pode ser visto aqui.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).