Um grupo de estudantes se organizou e pendurou um monte de bandeiras LGBT por todos os lados da escola onde estudam em Tawian.


Assista também:


A ação se deu em protesto contra o cancelamento de aulas que falariam sobre diversidade e pessoas LGBT em sala de aula, o que estava previsto no currículo escolar, mas acabou sendo cancelado pela direção da escola que sofreu pressão principalmente por parte de pais que reclamaram.

O que não era esperado é que, com a decisão, um grupo de professores e alunos se formasse em protesto contra a suspensão das aulas, pendurando bandeiras LGBT por todos os cantos da instituição:

Após a revolta dos estudantes e professores que considevam o assunto da diversidade importante de ser abordado em sala de aula, a instituição já voltou atrás da decisão e programou uma palestra sobre diversidade para o dia 30 de maio, além de prometer que vai apenas revisar o material antes de ser liberado para voltar à sala de aula.

Tawian é uma das nações mais progressistas da Ásia em relação aos Direitos LGBT. Ano passado, se tornou o primeiro país da região a legalizar o casamento homoafetivo.



Veja também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).