Assim como outros grandes estúdios do mundo, como a Disney, a Marvel e vários outros, a Turma da Mônica também vem se mostrando empenhada em mostrar valores como amor, diversidade e respeito em suas histórias.

Além do lançamento da primeira personagem lésbica da turma da Tina no ano passado, desta vez foi o caipira mais amado do Brasil, Chico Bento, que deu um close certíssimo em uma nova história da turma, ao conversar com o leitor sobre o conceito de família.

Criada pelo roteirista Edson Itaborahy, que trabalha para os estúdios de Maurício de Sousa, a imagem da HQ que vem na revistinha do Chico Bento número 57, foi postada na Internet por uma internauta e compartilhada em seguida pelo próprio Mauro Sousa, filho do criador da turma da Mônica, Maurício de Sousa, que também trabalha na empresa sendo responsável pela área de shows ao vivo dos personagens mais amados do Brasil.

“Parem tudo o que estão fazendo e vamos apenas aplaudir essa historinha do roteirista Edson Itaborahy e direção de conteúdo da Marina Cameron”, escreveu Mauro em seu post.

Na historinha, Chico Bento mostra que existem famílias de vários formatos: como a sua (de mãe, pai e filho), famílias compostas por uma mãe e um filho, família de pai e filho e famílias sem filho, já que em suas próprias palavras: “famía num carece di sê tudo inguar”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A fala é dita justamente quando passam por trás dele duas famílias: uma formada por um homem, uma mulher e uma criança e outra formada por dois homens e uma criança.

Ao final, explicando para sua classe na escola o que significa família, ele leva nota dez da professora ao concluir do seu jeitinho especial de falar que “Famía são umas pessoa qui si ama sem percurá motivo!”.

Lindo demais, né? Veja abaixo na íntegra (clique para ampliar):

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).