A Prefeitura do Rio acaba de inaugurar um serviço telefônico através do qual a população poderá fazer denúncias de casos de homofobia e transfobia na cidade.

É só discar 1746 de qualquer telefone da cidade para ter acesso a informações e direitos em casos de agressão verbal, física ou qualquer tipo de violência relativa a diversidade.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A iniciativa da Coordenadoria Especial de Diversidade Sexual (Ceds) da cidade inaugura também um espaço exclusivo na página oficial da prefeitura para receber as denúncias contra crimes contra orientação sexual e/ou identidade de gênero.

O coordenador de diversidade sexual, Nélio Giorgini, informou que desde que são registradas as queixas, elas tem 15 dias para serem devidamente respondidas e encaminhadas aos órgãos competentes.

“Deixamos o espaço aberto. No serviço telefônico você tem alguns assuntos elencados de saúde, educação, assistência social, coisas específicas da população LGBT, e um espaço para abrir o seu chamado”, explicou Nélio.

VEJA TAMBÉM:  Suspeitos de praticar “sexo gay” são presos e submetidos a “exame anal forçado” na Zâmbia

“Nesse espaço, você pode falar desde fobia até fazer um elogio ou reclamar de quem quer que seja, entre todos os Entes da Federação”, concluiu o coordenador.

 

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).