A gestão Covas está ampliando as vagas do programa Transcidadania. O projeto, que atendia 240 pessoas, agora passa a atender 510. A ampliação de vagas é fruto de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Direitos Humanos e Cidadania e de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

O programa voltado para pessoas trans e travestis e disponibiliza uma bolsa de R$ 1097,25 para que a pessoa consiga focar nos estudos e se reinserir no mercado de trabalho.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Inscreva-se no programa (Foto: Divulgação/Prefeitura)
Inscreva-se no programa Transcidadania (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Transcidadania é uma iniciativa é pioneira no Brasil, criada pelo então prefeito Fernando Haddad (PT) em gestões anteriores, que atende a uma necessidade dessa população que historicamente foi excluída da sociedade, da escola, família e consequentemente dos empregos.

Fernando Haddad transformou a vida de travestis e transexuais com o  programa Transcidadania. (Foto: Divulgação)
Fernando Haddad transformou a vida de travestis e transexuais com o programa Transcidadania. (Foto: Divulgação)

As pessoas trans ou travestis em situação de vulnerabilidade podem fazer sua inscrição de 14 a 18/12 em um dos Centros de Cidadania LGBTI, via agendamento telefônico de acordo com sua região.

Requisitos:
– Não ter completado o ensino médio;
– Estar estudando ou ter feito matrícula para o próximo ano letivo;
– Levar no momento da inscrição RG, CPF, comprovante de endereço e carteira de trabalho;
– Não ter trabalhado formalmente nos últimos 4 meses.