O Butão, país da Ásia meridional, acaba de votar para que a homossexualidade seja descriminalizada no país. A decisão aconteceu em uma votação do parlamento na última quinta-feira (10 de dezembro).

Segundo o UOL, durante uma sessão conjunta das duas casas do Parlamento do Butão, os legisladores agiram para eliminar duas disposições do código penal de 2004 da era colonial do país que estabelecia homossexualidade como crime na região.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

As Seções 213 e 214 definiam relação homossexual como “sexo não natural”, chamando de “sodomia ou qualquer outra conduta sexual que seja contra a ordem da natureza”. A pena estabelecida era de um mês a até um ano de detenção, ainda que a lei nunca tenha sido aplicada de fato por lá.

Sessenta e três dos sessenta e nove membros da Assembleia Nacional inferior e do Conselho Nacional superior votaram a favor da alteração do código, de acordo com o site da Assembleia Nacional. Seis membros se abstiveram e nenhum votou contra.

VEJA TAMBÉM:  Lésbica, Primeira Ministra da Sérvia dá melhor resposta a ministro homofóbico

O legislador de centro-direita do país, Druk Phuensum Tshogpa Ugyen Wangdi, vice-presidente do painel conjunto, disse à Reuters: “A homossexualidade não será considerada sexo não natural agora.”

Rei do Butão ainda tem que aprovar decisão do parlamento. (Foto: Reprodução / Wikipedia)
Rei do Butão ainda tem que aprovar decisão do parlamento. (Foto: Reprodução / Wikipedia)

Agora, para a homossexualidade deixar definitivamente de ser crime no país, a mudança deve ser aprovada pelo rei do Butão, Jigme Khesar Namgyel Wangchuck.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).