O parlamento da Alemanha proibiu as chamadas terapias de conversão sexual, conhecidas como “cura gay”, em menores de idade. De acordo com a lei, também está proibida a publicidade da prática destinada aos jovens.

A punição vai desde uma multa de até 30 mil euros (R$ 180 mil) para quem fizer publicidade ou oferta desse tipo de procedimento até um ano de prisão para quem submeter menores de 18 anos ao processo. 

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Maiores de 18 anos ainda podem passar pela “terapia de conversão”, desde que as tenham procurado voluntariamente, sem terem sido coagidos ou ameaçados.

O projeto de lei foi oficializado pelo gabinete da chanceler Angela Merkel em dezembro de 2019. Com a aprovação pelo Bundestag – parlamento alemão – a proibição deverá entrar em vigor na metade de 2020.

“A homossexualidade não é uma doença, portanto a palavra ‘terapia’ já é equivocada. Essa chamada ‘terapia’ é que deixa as pessoas doentes”, afirma o ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn. Ele ainda aponta que o procedimento causa graves danos à saúde, como depressão, ansiedade, perda de libido e maior risco de suicídio.

Foto: Freepik