Jesse de Faria Lopes, eleito deputado pelo PSL em Santa Catarina, postou em seu Facebook uma pesquisa para saber entre seus eleitores qual porcentagem deles apoiaria a criação de uma lei para se proibir beijo gay em público no Brasil.

A ideia do parlamentar partiu da uma proposta de manifestação popular em frente a casa do presidente Jair Bolsonaro, onde ativistas e militantes fariam um beijaço gay.

Deputado propondo em seu facebook a proibição do beijo gay em público no Brasil.

Segundo o deputado, a proibição, similar a uma lei que já funciona na Rússia, um dos países mais homofóbicos do mundo.

O motivo par aprovação da lei, segundo ele, seria para preservar a “inocência das crianças”. Curiosamente o parlamentar nunca manifestou qualquer outra vontade e fazer outra lei em defesa de crianças de rua, pedofilia, melhorar creches e escolas, ajudar menores vítimas de violência doméstica… ou qualquer outra lei em favor da criança, senão para manifestar sua homofobia internalizada mesmo.

Felizmente nem tudo são más notícias. Após a repercussão negativa da postagem, o deputado a excluiu, uma vez que o resultado da enquete indicou que mais de 80% dos 9 mil votos eram contrários a proposta.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).