Que RuPaul tem bordões e frases icônicas como os clássicos “Shantay you stay”, “Sashay Away”, “Reading is fundamental”, “Can I get a amen in here?”, dentre muitas outras expressões criadas e eternizadas por ela, não é novidade pra nós aqui do Vale, não é mesmo?

Mas pela primeira vez, um político usou no parlamento, os dizeres da sábia pensadora contemporânea Mama Ru na frente de todos os políticos presentes. Michelle Rempel, uma deputada do conservadora de Calgary Nose Hill, no Canadá, estava falando sobre um projeto de lei que deve conceder uma espécie de perdão do governo aos LGBTs condenados no passado, em um tempo em que qualquer sexualidade e identidade de gênero fora do padrão era crime.

Ao final de seu discurso em defesa do projeto, Michelle afirmou citando os créditos a RuPaul: “Não estou certa se alguém já fez isso na Câmara antes, mas irei usar uma citação de RuPaul aqui: Se você não consegue amar a você mesmo, como quer amar outro alguém?”, reproduzindo a frase “If you don’t love yourself how the hell you gonna love somebody else?” que RuPaul cita em todo final de episódio de seu reality.

Assista ao vídeo da deputada abaixo:

Recentemente, o primeiro ministro do Canadá, Justin Trudeau, pediu desculpas do governo canadense ao trato dado à população LGBT décadas atrás. Além disso, ele anunciou uma indenização aos que foram perseguidos e presos na época.


Veja também:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).