A atriz Emma Watson está ganhando uma série de desenhos feitos por crianças transgênero em agradecimento ao apoio que a atriz demonstrou apoio aos direitos trans em um discurso recente.

Na última quinta-feira (18), a atriz protagonista de Harry Potter e A Bela e a Fera, compartilhou uma foto sua usando uma camiseta escrito: “Direitos Trans são Direitos Humanos” em suas redes sociais acompanhado das hashtags #ProtectTransKids, ou “Proteja as crianças trans” e #TransWontBeErased, ou “Trans não serão invisibilizados”.

O movimento #TransWontBeErased vem em resposta à atitude do presidente americano Donald Trump que tenta aprovar uma medida que desobriga pessoas a respeitarem a identidade de gênero de pessoas trans no funcionalismo público e outras áreas. Neste caso, ficaria sendo considerado e obrigatório apenas o sexo biológico da pessoa.

Na publicação, que obteve mais de 3 milhões de likes, Emma Watson ainda marcou organizações como a ONG Mermaids, que cuida de crianças trans abandonadas.

Apesar das críticas de gente ignorante que acha que ela está promovendo algum tipo de sexualização precoce das crianças (haja paciência!), houve muitos elogios, principalmente por parte de crianças trans, que não só comentaram, mas enviaram cartas para a atriz com seus desenhos.

Emma falou sobre as cartas que tem recebido: “Esses desenhos tem sido mandados por milhares de pessoas de todo o mundo e tem sido incrível.

Já a ONG Mermaids afirmou para a atriz: “Você fez muitas crianças felizes hoje. Obrigado por falar pelas crianças trans. Em um mundo sem informação sobre transgeneridade na infância, você usar sua voz e alcance como aliada é maravilhoso!”

Confira alguns dos desenhos recebidos por Emma abaixo, muitos com referências aos seus personagens mais famosos como Hermione e Bela:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).