A Costa Rica se tornou o mais recente país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo gênero nesta terça-feira (26).

Diversos casais homoafetivos realizaram cerimônias – principalmente privadas devido à pandemia do COVID-19 – oficializando suas uniões.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Com a medida, a Costa Rica se torna o sexto país da América Latina a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, seguindo do Equador, Brasil, Argentina, Colômbia e Uruguai. Além destes, o casamento gay também é permitido em algumas regiões do México através de leis locais de alguns Estados, mas não em todo o país.

A questão do casamento homoafetivo ocupou o centro das atenções na última eleição presidencial do país em 2018, depois que a Corte Interamericana de Direitos Humanos emitiu uma opinião de que países como Costa Rica, que haviam assinado a Convenção Americana de Direitos Humanos, tinham que se mudar imediatamente para legalizar o casamento gay.

VEJA TAMBÉM:  PM expulsa soldado gay que denunciou homofobia e perseguição na corporação

Ajudou a impulsionar o tema, o presidente eleito Carlos Alvarado, que venceu o candidato conservador evangélico, Fabricio Alvarado, que havia feito campanha contra o casamento.

Em agosto de 2018, a suprema corte da Costa Rica disse que a proibição do país era inconstitucional e deu ao congresso 18 meses para corrigi-la ou isso aconteceria automaticamente. A Assembléia Legislativa não agiu, então, à meia-noite, a lei que proibia o casamento entre pessoas do mesmo gênero foi anulada.

Uma campanha comemorando a mudança chamada “eu digo sim” planejou uma série de eventos, incluindo horas de cobertura na televisão estatal e mensagens de celebridades, incluindo Michelle Bachelet, comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

Gia Miranda, diretora da campanha “eu digo sim”, disse que a cobertura televisiva também incluiria segmentos da história do movimento na Costa Rica: “Isso nos dá muita alegria”, disse Miranda. “A única coisa que poderia ganhar com isso é a Costa Rica e, em geral, o amor”, concluiu.

VEJA TAMBÉM:  Em sua fala, Carlinhos Maia praticou crime de incitação ao suicídio | Direitos LGBT
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).