Orlando Boldewijn, um garoto de apenas 17 anos que morava na cidade holandesa de Rotterdam, teve o corpo localizado pela polícia que já o procurava há mais de uma semana. O sumiço repentino ocorreu após o garoto combinar um encontro pelo aplicativo gay Grindr.

Os corpo de Orlando foi encontrado boiando no lago Bottgerwater em Haia, na Holanda. O caso repercutiu na imprensa e na Internet de todo país:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ao que indica a investigação, ainda pouco conclusiva, o garoto sumiu após enviar para a mãe uma mensagem, pouco após a meia noite de 18 de Fevereiro, informando que ele estava indo para casa. A mãe disse não ter certeza da autoria da mensagem. Passou a madrugada toda e o garoto não chegou em casa. Foi então que, no mesmo dia, a família comunicou o sumiço às autoridades.

VEJA TAMBÉM:  Travesti de 63 anos é morta a pauladas na Bahia

A hipótese de assalto foi descartada uma vez que seu celular e conta bancária continuaram intactos. Segundo depôs a mãe, Orlando tinha o costume de eventualmente encontrar caras do aplicativo, mas sempre voltava tranquilamente para casa.

Grindr é o aplicativo de encontros gays mais popular do mundo. Ainda que seu uso seja recomendado para maiores de 18 anos, não é raro encontrar menores de idade como era o caso de Orlando burlando as regras do sistema. Não também que o fator idade vá impedir qualquer um de sofrer uma violência ou no caso de Orlando que este fator tenha necessariamente a ver.

De qualquer forma, é sempre bom lembrar a todos: se informe minimamente ao menos com quem você vai se encontrar, realize o primeiro encontro em um local público e movimentado e deixe sempre algum parente ou amigo ao menos avisado.

VEJA TAMBÉM:  Homofóbicos pedem boicote a Disney por mães lésbicas em Toy Story 4

Veja também:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).