O coronel reformado do Exército Valnes Paiani Durão, de 66 anos, será investigado sob a suspeita de ameaçar um casal de mulheres, Raquel Teixeira e Thuany Pereira, com uma arma na Praia dos Ingleses, em Florianópolis, Santa Catarina. O caso ocorreu na noite da última terça-feira (08). Após a ocorrência, Durão, que estava na cidade visitando familiares, teve a arma apreendida.


Raquel Teixeira e a mulher, Thuany Pereira, foram ameaçadas quando estavam em uma praia de FlorianópolisFOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Segundo registrado no Boletim de Ocorrência, Raquel relatou que Valnes Durão fez diversos comentários sobre ela e a esposa quando chegaram na praia, depois do trabalho. Após as duas voltarem de um mergulho no mar de mãos dadas, o coronel reformado começou a filmá-las com um celular dizendo “Olha, na era Bolsonaro, duas sapatas na praia”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
VEJA TAMBÉM:  "Gays querem tirar a Bíblia de circulação no Brasil", afirma Damares Alves em vídeo

Fiquei muito incomodada e imediatamente fui até ele pedindo que apagasse o vídeo, dizendo que assim como qualquer pessoa nós tínhamos o direito de estar ali e que eu chamaria a polícia se fosse necessário. Na tela do celular era possível ver que eles estava enviando o vídeo em um grupo no WhatApp — relatou.

Raquel conseguiu ligar para a polícia ao mentir para despistar Durão, dizendo que ia pagar a conta do que havia consumido na praia. No depoimento, o ex-coronel admitiu que havia gravado o vídeo e que se referiu as duas mulheres dizendo “olha, duas sapatas na mesa”. Ele negou que teria ido até o carro pegar uma arma e que na verdade já estava com ela no local. Após dizer que tinha porte de arma, o ex-militar decidiu não se pronunciar mais.

VEJA TAMBÉM:  Gays são proibidos de entrar em festa na praia: “Vocês não são um casal!”

Coronel da reserva portava uma arma carregada com cinco munições que foi apreendida FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Civil de Santa Catarina informou que o caso será decidido diretamente no Poder Judiciário. O boletim de ocorrência informa ainda que o homem estava alcoolizado e que a arma que estava com ele era um revólver, carregado com cinco munições.

Fonte: Extra.com.br