Você já teve ou terá um processo judicial em sua vida.

Seja ele por uma batida de automóvel ou, por conta de um produto comprado com defeito que a loja não quis devolver o dinheiro.

De qualquer forma, você pode ser réu.

Você gostaria que nesse processo o juiz estivesse de conluio com a parte contrária?

Você estaria confortável e confiante nas provas que produziu se, soubesse disso?

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Claro que não. Estaria apavorado…

Então, antes de sair na passeata para defender a Lava Jato, pense bem!

A Operação Lava Jato foi e é uma das melhores coisas que aconteceram no Brasil em termos de combate à corrupção desde sempre.

Mas nada, nada mesmo, justifica que a vaidade dos juízes e promotores nela envolvidos os desobrigasse de cumprir a lei e o devido processo legal.

Eu não sou petista, eu não acho que o Lula foi santo. Acho que o processo contra ele é absolutamente ilegal e o resultado de prendê-lo, aconteceria cedo ou tarde como aconteceu com o Maluf, por exemplo. Demorou mas, as provas concretas apareceram contra o governador corrupto. Mas, os caras tinham pressa…

Essas fases de operação que aparecem nos jornais com nomes estranhos (imitando a polícia americana, inclusive), primeiro prendem e depois processam. Você acha isso correto? Se você acha, esse artigo não é para você ficar agradado por mim. É mesmo para te dar uma noção de que um dia, o Juiz que conduzir seu processo poderá mandar prender você para simplesmente te interrogar. Na verdade, essas conduções coercitivas, como são chamadas, foram criadas para – no caso de ser intimado e não comparecer o réu – ser-lhe obrigada a condução pela polícia.

Do que eu sei, nenhum desses centenas de réus que foram conduzidos coercitivamente, deixaram de atender a uma anterior intimação.

Por isso, não bata palmas para um juiz que não age de acordo com a lei, em nome de prender corruptos. Os corruptos devem sim ser presos mas, depois de serem condenados. E, seus advogados não podem ser grampeados pelo Juiz. Isso é o fim do mundo.

Nossa Constituição Federal é muito clara no sentido de que até que se prove o contrário, todos devem ser considerados inocentes.

Reputações como a do reitor da Universidade de Santa Catarina foram jogadas na lama e o professor não aguentou isso e se matou. Provou-se depois que ele não tinha nada de ilegal em sua conduta mas, sua morte já estava no colo da Delegada Federal que deflagrou sem provas, a operação. Tudo em nome de fazer circo em torno de operações para que a polícia e os demais órgãos envolvidos tenham os seus cinco minutos de fama no Jornal Nacional. A Delegada, inclusive, foi promovida e trabalha com o Ministro da Justiça hoje em dia…

Pense bem se é isso que você quer no seu processo antes de sair aplaudindo e “mitando” um cara que não cumpre a lei processual em nome de prender corruptos… Um dia, ainda que você não seja corrupto, você pode se deparar com um juiz desses no seu processo.