Viralizou nas redes sociais um vídeo onde aparece a cantora Iza sofrendo discriminação religiosa ao ser censurada no programa da apresentadora Sabrina Sato, da TV Record.

No trecho da música Ginga, um dos grandes hits da carreira da cantora, quando ela canta “Fé na sua mandinga” na letra, a emissora simplesmente cortou o áudio do microfone na edição do programa que gravado e exibido posteriormente.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Não é de se surpreender que a TV Record, emissora de um pastor evangélico, tenha este tipo de postura discriminatória. O mesmo acontece costumeiramente no jornalismo questionável do veículo, uma vergonha e totalmente sem credibilidade.

Na Internet, a atitude da emissora com a cantora pegou bem mal. “Ela cantou na gravação, mas quando foi a o ar a edição cortou, foi a maior polêmica na época”, explicou um internauta a outro que questionou se Iza teria aceito isso. Já um outro falou: “Emissora de bolsonaristas! Não tinha como esperar outra coisa, né gente?”, disse um usuário do Twitter na publicação que mostra o vídeo do momento, visualizada mais de 70 mil vezes até agora.

VEJA TAMBÉM:  A Fazenda: Record corta beijo gay e lésbico de edição

Assista abaixo:

Vale lembrar que este tipo de censura e preconceito que aconteceu com Iza está longe de ser novidade em se tratando da TV Record do Bispo Edir Macedo.

Outros acontecimentos do tipo inclusive foram denunciados por internautas no post. Um lembrou que o mesmo aconteceu com a cantora Ivete Sangalo: “Com a Ivete Sangalo também. Ela nunca cantou ‘Festa’ na Record, nem mesmo no lançamento da música que foi tema da copa do mundo. Só por conta da parte “Mãe preta de lá, mandou chamar”. 

“Eles faziam o mesmo na fazenda com a Jojo, quando dizia que a tia dela tem um terreiro de umbanda e o play plus  cortava”, lembrou outra pessoa no tópico.

VEJA TAMBÉM:  Porchat pede demissão da Record após apoio de Edir Macedo a Bolsonazi
Iza sofre censura na Record. (Foto: Divulgação)
Iza sofre censura na Record. (Foto: Divulgação)

É importante ressaltar que a atitude da Record em censurar uma fala que diz respeito a uma outra religião pode configurar crime de discriminação no Brasil. Qualquer um que se sentir ofendido com isso pode processar a emissora com base na lei que pune discriminação religiosa.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).