O projeto de transformar o filme Love Simon em uma série de TV da Disney Plus foi cancelado, ao menos no novo serviço de streaming da Disney.

A própria Disney havia anunciado a empreitada, mas agora voltou atrás. Segundo a Variety, a decisão se deu  porque a Disney considerou que muitas das questões exploradas na obra seriam mais adultas, sexuais e menos “adequadas à família”, como seu serviço de streaming pretende se classificar.

Pelo menos, ao que tudo indica, a série não foi cancelada e continua sendo produzida em 10 episódios que irão ao ar agora no Hulu, outro serviço de streaming norte-americano. A estreia está programada para junho, mês do Orgulho LGBT.

A história é baseada no livro Leah On the Offbeat, que também é continuação do livro que deu origem ao filme Love Simon, Simon vs. the Homo Sapiens Agenda.

Michael Cimino foi escolhido como o personagem principal da série, Victor, um ‘novo aluno da Creekwood High School em sua própria jornada de autodescoberta, enfrentando desafios em casa, se adaptando a uma nova cidade e tentando entender sua orientação sexual’.

O personagem é descrito como um ‘novo aluno da Creekwood High School em sua própria jornada de autodescoberta, enfrentando desafios em casa, se adaptando a uma nova cidade e lutando com sua orientação sexual’.

Victor supostamente procurará Simon para obter conselhos sobre como passar a vida na escola com seu segredo.

A estrela feia de Betty, Ana Ortiz e James Martinez, estrelará como mãe e pai de Victor, Isabel e Armando, e Robinson produzirá e narrará a série.

George Sear também foi escalado como o Benji ‘hipster super fofo’ que chama atenção de Victor.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).