O influenciador digital Carlinhos Maia virou novamente alvo de ira, chacota e problematização na Internet.

Após dizer que “não era um gay que usa sainha”, que “seu casamento não era gay, mas entre dois caras”, a bola da vez agora é um vídeo onde ele mostra, durante viagem nos Estados Unidos, um sem teto dormindo com um cobertor na calçada.

Carlinhos Maia mostrava a rua em seus Stories do Instagram, quando focou em um morador de rua e afirmou: “Olhas as pessoas da rua como são diferentes aqui, parece até um ator”.

Não é preciso nem juntar o tico e o teco pra subtender-se que Carlinhos se surpreendeu ao ver um mendigo branco, algo que realmente não corresponde à maioria dos moradores de rua e pessoas em situação de miséria no Brasil. Se Carlinhos falou por ignorância, impulso ou racismo, não é o caso aqui julgar. Mas não deixou de propagar uma ideia racista através da fala, que mostra muito do que pensa o brasileiro médio.

É notório que o Brasil seja um país onde a segregação social e racial infelizmente ainda caminham juntas. Mas daí a propagarmos com a maior naturalidade pra milhões de pessoas, pensamentos e conceitos que apenas aumentam essa fenda e consolidam ainda mais esse tipo de pensamento, são outros quinhentos, né? Principalmente quando milhares de pessoas o assistem diariamente, a responsabilidade vem junto inevitavelmente.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Assista abaixo o momento abaixo:

Na Internet, a atitude foi repudiada por muitos. “E o racismo da declaração? Só falou isso porque a pessoa em situação de rua é BRANCA”, disse o internauta @thedeedavan em seu Twitter, enquanto Tally Lima (@tallylima) afirmou: “É o tipo de pessoa que fala “o morador de rua nos EUA fala até inglês e vc não…”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).