Um homem de 25 anos foi declarado culpado por tentar chantagear um avô que ele conheceu no Grindr. O caso ocorreu no Reino Unido.

Segundo informações do Queerty, Kieran George Thurling conheceu a vítima em setembro de 2018. Eles se encontraram cerca de oito vezes para fazer sexo antes de que Kieran ameaçasse expor tudo em janeiro.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O homem mais velho é divorciado, mas tem filhos e netos. A ex-mulher dele e toda a família não sabiam nada sobre ele se encontrar com outros homens para atividades sexuais.

Thurling disse que se o homem não desse para ele 400 libras (2.600 reais), ele colocaria cartazes em toda a vizinhança expondo o vovô.

O homem mais velho disse que não conseguiria arrumar esse dinheiro e então a dívida aumentou para 600 libras (3.900 reais).

Ele falou para a vítima deixar o dinheiro em um envelope num local específico. Porém, ao invés de fazer isso, ele foi até a polícia, mas não conseguiu explicar exatamente quem era Kieran, pois eles sempre se encontravam apenas para fazer sexo.

VEJA TAMBÉM:  Aos 93 anos, rainha Elizabeth fala contra discriminação LGBTfóbica

A polícia então sugeriu para que a vítima deixasse o envelope estufado com papel no local designado. Quando Thurling foi lá para pegar, a polícia o prendeu.

O jovem admitiu a chantagem e contou para a polícia que ele pretendia usar o dinheiro para se mudar de país e começar uma nova vida.

A corte da cidade onde aconteceu o caso sentenciou Thurling a dois anos de prisão, mas foi reduzido para 20 meses, 150 horas de trabalho comunitário e 25 dias de reabilitação. Ele também está proibido de entrar em contato com a vítima.

 

 
Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.