Janice McGeachin, a superhomofóbica vice-governadora de Idaho saiu dirigindo seu caminhão com uma arma, uma Bíblia e uma bandeira americana para protestar contra as medidas de bloqueio do Estado contra o coronavírus (amada?).

Segundo o Queerty, Janice McGeachin é uma republicana de extrema direita que não acredita no casamento do mesmo sexo e pensa que a resposta de seu Estado ao coronavírus é uma grande besteira, então ela participou de um vídeo de “declarações” sobre o assunto.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Reconhecemos que todos nós, por natureza, somos livres e iguais e temos certos direitos inalienáveis, entre os quais desfrutar e defender a vida e a liberdade, adquirir, possuir e proteger a propriedade e buscar a felicidade e proteger a segurança”, diz McGeachin no vídeo bizarro.

Vários outros representantes de extrema direita do estado de Idaho aparecem no vídeo também, embora Janice McGeachin seja a única pessoa a usar acessórios como bíblia e arma para falar sobre liberdade.

VEJA TAMBÉM:  Cartunista Laerte Coutinho tem piora clínica em decorrência da Covid-19