Um grafite feito em homenagem a vereadora assassinada Marielle Franco foi pichado com os insultos: “vaca” e “foi tarde”. A arte fica em Ribeirão Preto (São Paulo), em um muro na Avenida Maurílio Biagi, no bairro Ribeirania.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

De acordo com informações do G1, o caso está sendo acompanhado pela Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Ribeirão Preto, que vai pedir investigação sobre o caso. “A mensagem pichada afronta a história dos movimentos sociais e das lutas das minorias, já que Marielle era parte significativa dos ganhos políticos de mulheres, negras e LGBTI”, afirma a presidente da Comissão, Maria Eugênia Biffi.

Marielle Franco foi assassinada em março de 2018, era vereadora pelo PSOL e ficou conhecida por lutar pelos direitos dos negros, LGBT+ e pessoas da periferia. Biffi aponta que o teor da mensagem reproduz condutas machistas e discriminatórias, que atentam contra os valores constitucionais, em especial aos direitos das mulheres.