O ator de filmes adultos gays, Donte Thick, foi duramente criticado em suas redes sociais após ignorar as recomendações de ficar em casa e reduzir contato social da quarentena.

Tudo começou quando ele e o colega pornstar e sargento Miles, do Twitter, twittaram a Free Speech Coalition (Comitê de Defesa de Intérpretes Adultos) e a Adult Performers Guild, para falar sobre como a pausa na economia e nas filmagens de filmes adultos está “literalmente os matando”. Bem, na verdade, o que “literalmente” mata pessoas é o coronavírus.

Seguidores tentaram explicar que a saúde e a segurança das pessoas são mais importantes que o dinheiro, mas Miles se enfureceu e Thick falou tentando se justificar: “Vocês estão certos, escolha de vocês. Mas eu ainda estou filmando. E foda-se o que disserem!”.

Ele ainda acrescentou grosseiramente aos fãs que apenas tentavam avisar que deveriam ficar em quarentena – e não trabalhar – por proteção a própria vida e dos outros: “Não preciso de alguém me dizendo o que fazer da minha vida. Espero que as coisas mudem em breve para vocês!”.

Donte Thick (@DonteThick) | Twitter
Donte Thick continua trabalhando e ignorando o coronavírus.

“Esse filho da puta acha que ele está em Game of Thrones. A ironia é que ele está sacrificando todas as recomendações só pra manter um p*u na boca”, disse um seguidor criticando o ator.

Em um passado recente, Donte Thick já foi criticado por declarar que não quer trabalhar com soropositivos em suas filmagens, ainda que indetectáveis, o que não representaria risco: “Não quero trabalhar com quem é indetectável ou detectável. Seria muito bom fazer esses testes obrigatórios e também obrigatórios. Não sei, parece inteligente para mim ”, twittou em setembro de 2019, sendo muito (e justamente!) criticado.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).