A atriz Samantha Marie Ware, que interpretou a personagem Jane Hayward na última temporada de Glee, utilizou as redes sociais para acusar a também ex-Glee Lea Michele, que viveu Rachel Berry, de racismo.

O caso começou quando Lea tweetou sobre o caso de George Floyd, que foi sufocado até a morte por um policial branco, afirmando que: “George Floyd não merecia isso. Este não foi um caso isolado e isso deve acabar #VidasNegrasImportam”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Foi quando Samantha ficou indignada com a mensagem e lembrou que Lea fez um “inferno” na vida da ex-colega durante o período em que contracenaram juntas. 

“Você se lembra de quando fez da minha estreia na TV um inferno?!?!? Porque eu nunca esqueci. Eu acho que você disse a todo mundo que, se tivesse a oportunidade, ‘cagaria na minha peruca!’, entre outras pequenas agressões traumáticas que me fizeram questionar minha carreira em Hollywood”, relata Samantha.

Após a postagem, outros atores negros da série se manifestaram: Alex Newell, a Unique, respondeu a publicação com o meme “Pegue ela, garota”. Já Amber Riley, que deu vida e voz a Mercedes, publicou gifs suspeitos quando o caso começou a ser comentado na web.

A atriz Yvette Nicole Brown, que trabalhou com Lea Michele na série “Community”, também comentou o caso, contando que sentiu na pele tudo que Samantha narrou. “Eu senti cada uma dessas letras maiúsculas”.