Enquanto pessoas negras e aliados na luta antirracista em todo o mundo protestam contra a brutalidade policial contra negros, ainda há quem – sem nenhuma consciência e empatia – consiga ir na onda contrária. É o caso do o ator de filmes adultos gays Billy Santoro.

Em sua página no Facebook, ele escreveu: “Risos. América! Você deixa seus negros saquearem lojas como forma de protesto. Acorde, porra. Atirem primeiro!”

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Billy Santoro

Após muitas denúncias e comentários indignados nas redes sociais, o JustForFans – uma plataforma de criação de conteúdo adulto semelhante ao OnlyFans, foi a primeira rede social a se posicionar, excluindo o perfil de Santoro.

Onlyfans e Twitter vieram em seguida. Antes de sua conta no Twitter ser excluída, Santoro tentou justificar seu racismo (novamente sem desculpas). Em primeiro lugar, alegando que ele “nem sequer tem uma conta no Facebook” e apenas 40 minutos depois dizendo que atacou daquele modo porque estava transtornado que um amigo seu havia morrido (justifica de algum modo?). E de qualquer modo, esses status não refletiam alguém que sofria pela perda de um amigo, né?

VEJA TAMBÉM:  8 vezes em que o Antoni do Queer Eye mostrou ter um grande talento... não só na cozinha.

View image on Twitter

Em outro post, ainda sem qualquer noção, Santoro ainda afirmou que “os negros gerarão mais ódio por eles”.

Image

Outros artistas pornôs que se posicionaram contra Santoro incluem Austin Wolf, que o chamou de “filho da puta desagradável” e pediu que suas contas fossem excluídas. Enquanto isso, Austin Wilde o chamou de “rainha racista dos esteróides”. Além dos dois, Trent Atkins e Josh Moore também se juntaram ao coro contra o ator racista.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).