Um homem gay da Austrália ficou impressionado com a quantidade de amor que recebeu para ajudar a pintar sua casa nas cores do arco-íris. A comunidade local se manifestou em apoio depois que um número – felizmente pequeno – de vizinhos homofóbicos o ameaçaram com violência.

Mykey O’Halloran, 29, é um cabeleireiro especializado em colorir cabelos, muitas vezes em cores brilhantes e designs de arco-íris. Ele dirige um salão chamado Unicorn Manes by Mykey.

Em fevereiro, ele se mudou de Melbourne para um novo bangalô na cidade vizinha Phillip Island (de apenas 7 mil habitantes), onde ficou muito feliz em comprar sua nova casa. Com seus cabelos de cores vivas, rapidamente se tornou conhecido no bairro.

Mas quando surgiram notícias de que O’Halloran queria pintar de arco-íris em toda a sua nova propriedade, nem todos ficaram felizes. Na verdade, no mês passado, alguns homofóbicos o confrontaram sobre a ideia. No início, argumentaram que isso desvalorizaria as residências locais, mas logo, é claro, o conflito se tornou mais pessoal.

“Eram cinco homens batendo agressivamente na porta da frente da minha casa”, disse ele em um post no Facebook em meados de março denunciando as ameaças. “Um ameaçou me matar se eu pintasse de arco-íris de minha casa, além de ter me xingado de maneira homofóbica!”

“[Um] cara, dos homofóbicos, se apresentou como o dono da casa do outro lado da rua. [Ele] me disse que sua razão de estar em minha casa era me dizer para não pintar o arco-íris de minha casa, também o ameaçando.”

O’Halloran, que se mudou para a ilha em busca de paz e sossego e ficou profundamente abalado com o incidente, que relatou à polícia. Posteriormente, os policiais prenderam um homem de 23 anos, que foi acusado de fazer ameaças de morte e agressão ilegal.

O’Halloran disse à imprensa local que se recusou a ser intimidado e que iria prosseguir com seu plano de pintar sua casa como quisesse. Depois que a imprensa local noticiou a intimidação, não apenas a empresa de tintas Dulux forneceu à O’Halloran 42 litros de tinta em todas as cores do arco-íris, mas ele começou a receber ofertas de ajuda de muitas pessoas para pintar sua casa gratuitamente.

Casa arco-íris: melhor resposta aos homofóbicos. (Foto: Reprodução / Facebook)
Casa arco-íris: melhor resposta aos homofóbicos. (Foto: Reprodução / Facebook)

Ele planejou que a pintura acontecesse no domingo passado e ficou surpreso quando mais de 100 pessoas apareceram para ajudar, tornando a tarefa ainda por cima muito rápida.

“Foi fantástico. Algumas pessoas simplesmente vieram mostrar seu apoio e me dar um abraço. Tínhamos toda uma equipe de crianças envolvida, houve um churrasco ”, disse ele feliz da vida. “Estou tão maravilhado com a quantidade de apoio e amor que existe nesta comunidade”.

Veja abaixo fotos do imóvel:

Mykey O’Halloran and some of his helpers

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).