O aplicativo de relacionamento Tinder anunciou recentemente duas novidades na plataforma: agora será possível escolher entre várias opções de identidade de gênero e também de orientação sexual. A atualização surge em parceria da empresa com a Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo e deve estar disponível no mês de julho.

Anteriormente o aplicativo contava somente com as opções de identificação “homem” e “mulher”. Com as novas atualizações será possível utilizar 26 termos de identificação, como trans, não-binário e assexual, além de muitos outros. Além disso, será possível escrever manualmente a própria identidade de gênero e também escolher se deseja habilitar ou não a visibilidade da informação.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O aplicativo também disponibiliza pela primeira vez a categoria sexualidade no perfil. A plataforma vai adicionar as seguintes opções: heterossexual, gay, lésbica, bissexual, assexual, demissexual, panssexual, queer e curiose. Cada usuário poderá selecionar até três opções para interagir.

VEJA TAMBÉM:  Taylor Swift doa mais de R$ 300 mil para ONG LGBT

Além do Brasil, vários outros países também receberão as novas funcionalidades, como a França, Alemanha, Espanha, Itália, Suécia, Taiwan, Vietnã e Tailândia. O Tinder já vem articulando e expandindo estás mudanças em outros países há alguns anos, como no Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e na Índia, incorporando neste último inclusive categorias de identificação da cultura local.

Por muito tempo, pessoas trans, não- bináries e de outras identidades têm sido as mais impactadas pelas limitações no aplicativo. As novas funcionalidades são um excelente passo rumo a visibilidade e reconhecimento da população LGBTI+.