A escritora, roteirista e produtora Wanda Skyes afirmou que parte da razão que a levou a se assumir publicamente lésbica é para mostrar às pessoas que ser LGBT é mais do que ser um homem gay branco.

Ela tinha 44 anos, mais de 10 anos atrás, quando falou publicamente sobre o assunto em um protesto em Las Vegas contra o Prop 8, uma lei que invalidaria uniões homoafetivas na Califórnia, quando o casamento gay ainda não era legalizado em todos os Estados Unidos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Naquela época em que se discutia proibir a união homossexual no Prop 8, senti que tinha que falar algo. Estavam tentando controlar a minha vida? Afirmar que meu casamento não deveria ser legalmente reconhecido?”, contou ela.

VEJA TAMBÉM:  Homofóbicos pedem boicote a Disney por mães lésbicas em Toy Story 4

Sykes, cujo trabalho como escritora foi reconhecido pela primeira vez em 1999, quando ganhou o Emmy por escrever o The Chris Rock Show, continuou: “Também quis mostrar que aquilo não é algo que afetava apenas gays brancos. Ser LGBT é muito mais do que essa imagem que fazem. Existem mulheres. Tem mães. Há seres humanos envolvidos nessas questões e votos que afetam vidas e crianças.”

“Depois que dei meu discurso em Las Vegas, quando voltei para o hotel, estava na TV e fiquei tipo, ‘Ok, tudo bem. Estou fora do armário”, disse ela.

Sobre sua crítica de que a representatividade LGBT era muito focada em homens brancos, ela afirma que isso vem mudando felizmente: “A representação em LGBTQ+ em Hollywood ficou muito melhor, especialmente agora com programas como o Pose que destacam a comunidade afro-americana e trans. Fico feliz em ver isso”.

VEJA TAMBÉM:  Butches: quem são as mulheres livres de padrões?

Outro desejo seu para as futuras obras com personagens LGBTs é que os contextos dos personagens não se limitem a sexualidade: ”Eu também adoraria ver histórias em que você tem personagens gays, mas não se trata apenas de ser gay. Shonda Rhimes faz um ótimo trabalho nisso.”

Wanda Sykes é produtora de Visible: Out on Television, da Apple TV. No ano passado, Wanda Sykes foi anunciada como produtora dos novos documentários da Apple TV + LGBT +, Visible: Out on Television.

A série contará com entrevistas nunca antes vistas com nomes famosos LGBTs de peso como Ellen DeGeneres, Oprah Winfrey, Anderson Cooper, Billy Porter, Rachel Maddow, Don Lemon, Sara Ramirez e Jesse Tyler Ferguson, entre outros.

VEJA TAMBÉM:  Copacabana Palace realiza 1º Casamento Gay em 95 anos
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).