A drag queen RuPaul já foi muito problematizada na Internet em um passado recente por não se atualizar em alguns posicionamentos e conceitos, embora seja indiscutivelmente uma celebridade LGBT pioneira à qual a comunidade deve muito. Mas parece que a beldade vem se esforçando em evoluir, viu?

Um sinal disso é que, além de incluir um homem trans como drag queen em seu novo elenco de participantes – algo que a própria se dizia contra até pouco tempo atrás – um de seus bordões clássicos em mais de 10 temporadas do reality show RuPaul’s Drag Race foi mudado, surpreendendo os telespectadores da nova temporada.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em busca de mais inclusão, Mama Ru mudou a já tradicional frase “…and may the best woman win” (“… e que vença a melhor mulher”). A partir de agora, na 13ª temporada do reality, ela diz simplesmente: “…and may the best drag queen win” (“…e que vença a melhor drag queen”).

VEJA TAMBÉM:  Garoto de 11 anos explica por que se montar de drag o torna mais confiante
A drag queen RuPaul. (Foto: Reprodução / RuPaul's Drag Race)
A drag queen RuPaul. (Foto: Reprodução / RuPaul’s Drag Race)

Legal, né? Como disse o perfil @dragliiciouz no Twitter, que venham mais evoluções!

Assista abaixo a nova versão do bordão usado sempre no momento em que drag queens competem pra continuar no programa no tradicional duelo de lypsinc:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).