Ativistas LGBTs da Itália comemoraram a mais recente nomeação do Papa Francisco, que promoveu um importante bispo que é pró Direitos LGBTs ao Colégio de Cardeais do Vaticano.

No último domingo, 1º de setembro, o Papa Francisco fez o anúncio de que promoveria 13 clérigos ao posto de cardeal. Entre eles está Matteo Zupp, de 63 anos, arcebispo italiano que incentiva “uma nova atitude pastoral junto a irmãos e irmãs LGBTs”.

Em um artigo escrito pelo próprio ele afirma que a igreja precisa construir uma ponte para dialogar com a comunidade LGBT, à qual ele descreve como “povo de Deus”.

A decisão de promover Zuppi irritou alguns representantes católicos mais conservadores que descrevem o agora cardeal como um “gayzista que desafia a igreja com essa história de Direitos LGBTs”.

Entretanto, a decisão foi comemorada entre cristãos mais progressistas, que esperam que esta atitude sinalize uma visão do Papa por mais diálogo entre o catolicismo e os LGBTs.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

De acordo com a publicação internacional católica The Tablet, o papa tem rasgado protocolos ao nomear cardeais humildes e que, antes de tudo, trabalham longe dos holofotes.

O jornalista Christopher Lamb escreveu sobre a medida: “Escolher cardeais é a coisa mais próxima que um Papa tem do planejamento de sucessão e, com suas escolhas, Francisco está tentando garantir que a Igreja continue na trajetória mais progressista que ele estabeleceu para ela”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).