O estudante Danilo Pedrazza, natural de Porto Alegre no Brasil, conseguiu a maior nota de seu Mestrado em Comunicação, Arte e Cultura, curso que concluiu na Universidade do Minho, da cidade de Braga, no norte de Portugal.

A dissertação chamada “A sua voz não está mais escondida: representações artísticas e políticas da drag queen Pabllo Vittar na mídia” foi defendida na última quinta-feira (16). O título do trabalho é inspirado na música “Ouro”, onde junto com a cantora Urias, Pabllo canta sobre os desafios e preconceitos de ser uma artista LGBTQ.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O rapaz se montou especialmente para a apresentação, com uma peruca ruiva e um maiô semelhante ao usado por Pabllo no clipe da música “Então Vai”. Ele chegou de terno e foi revelando sua montação durante a apresentação: “Planejei essa performance por quase dois anos e o resultado não poderia ser melhor”, avaliou o também jornalista formado pela ESPM no Brasil.

Em seu trabalho, Danilo escreveu quase 250 páginas para falar da representatividade que Pabllo Vittar tem a partir de um recorte internacional de matérias com Pabllo divulgadas nos Estados Unidos, Canadá, Espanha e Inglaterra. Segundo sua pesquisa, no exterior, Pabllo é vista como um sinônimo de superação por ultrapassar barreiras do preconceito e chegar ao sucesso.

VEJA TAMBÉM:  Na entrada do Carnaval, "Amor de Que" de Pabllo Vittar tem grande subida no Spotify

Danilo falou à imprensa sobre a diferença da homofobia no Brasil e em Portugal: “A homofobia nos dois países é igual, a diferença é que no Brasil ela mata. A homofobia aqui em Portugal é mais silenciosa, ela está nos olhares de condenação das pessoas, e isso também machuca. Aqui, eu cheguei a me demitir de um emprego porque meu chefe foi homofóbico”, relatou.

No ano passado, o estudante chegou a encontrar Pabllo Vittar após um show da drag queen em Lisboa. Em seu Instagram ele lembrou do momento e comentou seu trabalho do Mestrado: “Defender a dissertação hoje, com essa mesma roupa, e tirar 19, a nota mais alta no meu curso de mestrado, apenas comprova que a nossa voz não está mais escondida e nunca voltará a estar.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).