O ator norte-americano, Marlon Wayans, um dos protagonistas do clássico As Branquelas, respondeu a uma série de comentários lesbofóbicos no Instagram, após publicar uma foto de sua filha, Amai, que é lésbica.

A publicação foi em comemoração ao Mês do Orgulho LGBTQ. “Feliz orgulho para o meu orgulho e alegria. Eu não mudaria nada em você. Te amo até a lua, em torno do sol, por meio das galáxias e a volta”, escreveu o ator.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No entanto, pouco tempo depois, alguns comentários começaram a surgir, chamando a atenção de Marlon. Um usuário chegou a dizer para o ator não incentivar sua filha a viver desta forma e que, se ele fizesse isso, seria um péssimo pai.

Na ocasião, Marlon rebateu a crítica e afirmou que ama a filha do jeito que ela é. “Ela é quem é até quando ela quiser ou não escolher ser diferente. Eu a amo não pelo o que eu quero que ela seja”, respondeu ao usuário.

VEJA TAMBÉM:  Síndica lésbica receberá R$ 15 mil após sofrer lesbofobia

Muitos fãs do artista pediu para que ele removesse aquele tipo de comentário. Porém, Marlon enfatizou que não apagaria, pois é importante que as pessoas vejam o quanto a LGBTfobia ainda é recorrente.

“Eu pensei em apagá-los, mas preciso que o mundo veja que a ignorância ainda existe. Nós todos vamos ter amor incondicional algum dia. Por causa da minha filha, eu estou a um passo mais perto disso. Eu não sou Deus, eu não julgo, eu apenas amo”, disse.