A TfL, empresa pública que cuida do transporte público de Londres, acaba de suspender os contratos milionários de publicidade de empresas de 11 países onde cidadãos LGBTs não são reconhecidos ou respeitados. A medida é uma tentativa de pressionar estes países para que evoluam nestas questões.

O jornal britânico Evening Standard revelou a suspensão que começou no último dia 2 de maio. A decisão interfere diretamente na economia de países como Irã, Nigéria, Arábia Saudita, Somália, Sudão e Iêmen. Todos estes estabelecem penas de morte para homossexuais.

Os outros países suspensos da publicidade são o Paquistão, o Catar, os Emirados Árabes Unidos, a Mauritânia e o Afeganistão . Segundo a ILGA , esses países têm ‘possíveis’ penas de morte. Por exemplo, certas partes desses países aderem à lei da Sharia e a pena de morte pode se aplicar apenas aos muçulmanos.

Exemplos de campanhas publicitárias desses países que participaram da TfL incluem as da Pakistan Tourism, da Emirates e da Qatar Airways.

A TfL opera a rede de metrô e ônibus e as linhas de ônibus de Londres, e também fornece licenças para táxis de táxi preto, opera a rede do Ciclo Santander e supervisiona ônibus fluviais, entre outras responsabilidades.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Resultado de imagem para london mayor lgbt
O prefeito de Londres ao centro cercado de ativistas LGBT e o semáforo pride da cidade com casal de lésbicas no luminoso ao fundo.

Estima-se que 2 milhões de pessoas usem o tubo diariamente, enquanto aproximadamente 31 milhões de viagens diárias são feitas em toda a rede do TfL.

No mês passado, a operadora de rede proibiu a publicidade de Brunei depois que o país introduziu uma pena de morte para o sexo gay.

Após essa proibição, Caroline Russell, membro do Grupo do Partido Verde de Londres, escreveu ao prefeito Sadiq Khan para perguntar sobre publicidade de outros países. Isso levou a nova atitude.

Um porta-voz do gabinete do prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse sobre a iniciativa: ïO prefeito está imensamente orgulhoso de que Londres é uma cidade onde você é livre para ser quem você quer ser e amar quem você quser amar. Os anúncios da TfL são vistos por milhões de pessoas todos os anos e, considerando o papel global que Londres desempenha na defesa dos direitos LGBT +, o prefeito pediu que a TfL analise como trata a publicidade e o patrocínio de países com leis anti-LGBT + abomináveis”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).