A justiça fluminense condenou o deputado federal Carlos Jordy, do PSL, a indenizar Felipe Neto em 35 mil reais, além de ter que se retratar publicamente sobre o caso.

No ano passado, o político fez uma declaração afirmando que os responsáveis pelo massacre de Suzano foram induzidos a cometer o crime após assistirem um vídeo do youtuber que ensinava seus espectadores a acessar sites na deepweb.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em seu Twitter, Felipe comemorou a vitória e revelou que irá doar o dinheiro para o Instituto Marielle Franco e o projeto Ocupa Sapatão. Jordy pode recorrer e, caso a justiça decida a favor de Neto novamente, o valor pode subir.

Em nota, o deputado já confirmou que irá recorrer da decisão.

“Vamos reverter. Além do juízo não ter respeitado a minha prerrogativa como deputado, especificamente, a imunidade parlamentar, julgou errado, atropelando todo rito, sem audiência de conciliação nem instrução. Mas estou tranquilo, a decisão não tem fundamento, muito menos o foro”

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.