Depois de Armond Rizzo, denunciar que atores gays que fazem cenas sendo passivos, ganham menos dos que os ativos e Joey Mills fazer apelo para que os atores não recebam menos de mil dólares por trabalho, chegou a vez de Austin Wolf dar seu parecer nas redes sociais.

Mas o curioso é que não se trata sobre valores acordados em cenas, mas sim, sobre a valorização da vida humana. Após retornar de um cruzeiro (onde tirou alguns dias de férias), Austin foi até seu Instagram contar sobre o ocorrido.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No vídeo publicado, o ator pornô (que é um dos favoritos pelos boleiros) revelou que durante sua viagem um passageiro acabou cometendo suicídio. Um senhor de 46 anos foi até a beirada do pier e se lançou do décimo andar do navio.

Austin, por sua vez, usou toda sua visibilidade perante aos seus quase meio milhões de seguidores para fazer um alerta: “Isso (suicidio) é muito comum no meu meio. Se você estiver tendo pensamentos negativos, pare e respire fundo. Não é o fim. Nós podemos nunca termos nos falado, nos visto, rido, nos beijado, mas eu estou falando isso porque eu amo vocês e me importo”.

VEJA TAMBÉM:  Comissário é suspenso por vídeo em que transa no banheiro do avião com ator pornô gay

Wolf ainda fez questão de deixar o telefone que prevem casos de suicidios, onde é possível ligar e conversar com pessoas especializadas. No Brasil, temos o CVV, Centro de Valorização da Vida. O telefone é 188. E o site pode ser visitado aqui.