Em entrevista ao Pride Source, a cantora Cher abriu o jogo sobre como encarou a descoberta de ter um filho transexual.


Assista também:


Chaz Bono é hoje um ator conhecido da TV americana, mas durante muito tempo esteve escondido, não só das câmeras, mas de si mesmo, vivendo em um corpo correspondente ao gênero oposto ao que sua mente sempre entendeu pertencer.

Mas como foi para Cher, como mãe, descobrir isso? “Tive medo de perder a minha criança”, disse ela.

“Não foi fácil. Eu pensei ‘quem será essa nova pessoa?’. Eu sabia quem ele era naquele momento e pensei que estaria perdendo meu filho se ele se tornasse outra pessoa”, afirmou.

E o que realmente a ajudou a entender o conflito do filho foi a empatia, se colocar no lugar dele: “Eu pensei: E se eu acordasse amanhã no corpo de um homem? Ia querer arrancar meus olhos fora! Então entendi que, se é uma sensação tão dolorosa, não importa o que os outros pensem. O que importa é a felicidade dele”, disse Cher.

Ela também afirmou que a relação com Chaz se tornou muito mais íntima e próxima desde que o filho passou pela transição de gênero e a mãe o aceitou plenamente.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).